Artigos do Blog

 

A Pixar lançou recentemente uma nova série de animação no streaming Disney+. O tema: upskilling e reskilling.

Obviamente, a sinopse declarada não é essa. Mas, com certeza, é um grande pano de fundo da trama.

A série se chama Monstros no Trabalho e, claro, se passa no universo da animação Monstros SA. Para quem não assistiu ao primeiro longa (e dando alguns spoilers), ele trata de uma grande descoberta para a cidade dos monstros: que a melhor fonte de energia para a região são as risadas das crianças e não mais seus gritos de susto.

A série começa no dia seguinte ao final do primeiro filme. A empresa que dá título ao longa, Monstros SA, gera toda a energia da cidade e agora não precisa mais de monstros assustadores, mas sim de engraçados.

Em paralelo, um monstro que acabou de se formar na universidade como um dos melhores alunos assustadores e com uma carta de recomendação, chega ao seu primeiro dia de trabalho na Monstros SA e descobre que sua habilidade de arrancar gritos das crianças não é mais necessária. Agora, ele precisa aprender a ser engraçado.

O fato de upskilling e reskilling estar numa grande animação, de lançamento mundial, é mais um sinal de sua relevância para nossos tempos. Chegou ao entretenimento, mas já vem sendo discutido pelas grandes consultorias internacionais e por entidades como o Fórum Econômico Mundial há alguns anos.

Exemplos:

1. O Fórum Econômico Mundial criou uma iniciativa chamada Reskilling Revolution, que pretende atingir 1 bilhão de pessoas até 2030 (link: https://www.reskillingrevolution2030.org)

2. A McKinsey desenvolveu uma série de relatórios sobre reskilling, inclusive um que é preciso transformar a China num país de lifelong learners (https://www.mckinsey.com/featured-insights/china/reskilling-china-transforming-the-worlds-largest-workforce-into-lifelong-learners)

3. A Deloitte também produziu diversos relatórios sobre o assunto, inclusive um em que afirma que reskilling e upskilling geram empresas “à prova do futuro” (https://www2.deloitte.com/lu/en/pages/human-capital/articles/reskilling-the-workforce.html)

Mas, afinal, o que é upskilling e reskilling?

Em português, algumas pessoas traduzem como qualificação e requalificação, mas há sutilezas que não são captadas nesta tradução. Se digitarmos essas palavras no tradutor do Google, também não vamos encontrar respostas satisfatórias.

Resumindo o que dizem as consultorias, as definições são as seguintes:

● Upskilling: quando um profissional está desenvolvendo e aperfeiçoando habilidades para atingir um padrão mais alto de competência, a fim de ter um melhor desempenho em sua função atual.

● Reskilling (requalificação): quando uma pessoa desenvolve uma habilidade diferente para ser capaz de desempenhar um novo papel, que não exerce hoje.

Esse é o caso do Tyler Tucson, o personagem recém-formado de Monstros no Trabalho. Deixar de ser assustador para arrancar risos das crianças, é uma mudança bem grande em seu trabalho, é aprender uma nova habilidade.

A série é sobre sua jornada de requalificação.

No mundo real, situações como essas são cada vez mais comuns. O mercado precisa de habilidades que as universidades não são capazes de acompanhar. Profissionais precisam estar cada vez mais preparados para novos aprendizados, seja se desenvolvendo em sua própria função ou mudando de carreira. A situação é tão generalizada que tornou-se um dos temas mais importantes no mundo corporativo de hoje, especialmente para as áreas de Recursos Humanos e Treinamento e Desenvolvimento.

E você, já se sente impactado por essa realidade?

Por Nira Bessler, lifelong learner, especialista em aprendizagem de adultos e apaixonada pelo tema.

Leia também

10 de dezembro de 2021

Monstros no Trabalho é sobre Reskilling

  A Pixar lançou recentemente uma nova série de animação no streaming Disney+. O tema: upskilling e reskilling. Obviamente, a sinopse declarada não é essa. Mas, com […]
4 de novembro de 2021

E se aprendêssemos como crianças?

  Tenho uma filha de 2 anos e meio. É fascinante para mim, uma apaixonada por aprendizagem, acompanhar o desenvolvimento dela dia após dia. Acho lindo quando […]
29 de setembro de 2021

Parar para acelerar

  Nossos reflexos não estão mais só no espelho. Estão nas selfies. Nas câmeras voltadas para nós mesmos a qualquer momento. E, ao mesmo tempo, somos cada […]
27 de agosto de 2021

Por que os pequenos hábitos são cruciais para a aprendizagem?

Por que os pequenos hábitos sãocruciais para a aprendizagem? Yoga e alemão. Estes são dois aprendizados aos quais decidi me dedicar este ano. Nunca tinha tido […]
29 de julho de 2021

Genética ou Ambiente? Por que vale assistir Três Estranhos Idênticos, no Netflix

É seu primeiro dia de faculdade. Você entra no campus e todo mundo te reconhece e te cumprimenta como um velho amigo, mas você não conhece ninguém. […]
8 de julho de 2021

Aprender e Sentir

Por Nira Bessler, lifelong learner, especialista em aprendizagem de adultos e apaixonada pelo tema. Talvez você tenha pensado em azul ou verde, ou azul turquesa ou […]
28 de maio de 2021

Do contraintuitivo ao automático

Por Nira Bessler, lifelong learner, especialista em aprendizagem de adultos e apaixonada pelo tema. Na aprendizagem, antes de chegar ao conforto de fazer as coisas no […]
30 de abril de 2021

Heuta – o quê? Por que a heutagogia vem ganhando força no mundo corporativo

Por Nira Bessler, lifelong learner, especialista em aprendizagem de adultos e apaixonada pelo tema. O que você precisou aprender no trabalho, durante a pandemia? Atenção: a […]
22 de março de 2021

Aprendizagem Ativa, a Competência do Futuro (e do Presente)

Por Nira Bessler, lifelong learner, especialista em aprendizagem de adultos e apaixonada pelo tema. Já ouviu falar em aprendizagem ativa? Segundo o relatório O Futuro do […]
Buy now